Bem Público - Conteudo para uma vida melhor
Facebook

Notícias - Meio Ambiente

24/03/2015

Paraná prepara projeto para revitalizar o rio Iguaçu

A vice-governadora Cida Borghetti adiantou ontem (23), que o Paraná está desenvolvendo um projeto para revitalizar o rio Iguaçu. “Vamos nos unir também para salva os trechos ameaçados no nosso rio mais emblemático. É o compromisso que temos, como governo e sociedade, com as futuras gerações”, disse Cida no Simpósio sobre o Dia Mundial da Água realizado em Curitiba.

Cida Borghetti disse que o Paraná tem uma situação positiva de seus reservatórios, em relação a outros estados, mas que isso não pode ser motivo de comodidade. “Somos um estado muito dependente do recurso hídrico, principalmente pela condição da nossa agricultura. Não podemos nunca nos acomodar e que esta crise nos sirva de alerta”, afirmou.

O projeto de revitalização do Iguaçu conta com a participação de várias áreas do Governo, como Sanepar, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e órgão vinculados e a Copel. No momento a fase é de elaboração do projeto e propostas de ações, que depois serão discutidas com todos os segmentos sociais por meio dos Comitês de Bacias. Hoje, o Paraná conta com 12 comitês, dois deles no Rio Iguaçu, onde também foi iniciada, de forma pioneira, a cobrança pelo uso da água.

O secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski, afirmou que o projeto para o rio Iguaçu vai priorizar a revitalização de trechos mais urbanizados, que são os mais ameaçados. “Estamos seguros que este projeto não é para um ou dois governos, masum protejo da sociedade, que exigirá o compromisso deste e dos próximos governantes, com um arranjo institucional que garanta sua continuidade”, disse Soavinski.

Uma das etapas mais importante do projeto será o envolvimento dos municípios, locais onde a intervenção ambiental acontece. Serão envolvidos ainda universidades, organizações não governamentais, ambientalistas e setores usuários de recursos hídricos como indústria e agricultura.

SIMPÓSIO - O evento é organizado pela Paraná Metrologia, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Copel, Sanepar, Itaipu Binacional, Tecpar e Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Instituto Águas Paraná, Fundação Roberto Marinho.

As palestras abordam ações estratégicas e aplicações de tecnologias em temas como os cenários hídricos atual e futuro dos grandes centros, legislação, políticas públicas, soluções concretas para o desperdício, os conflitos entre os os usuários de água da agricultura, indústria e cidadãos comuns e entre estados.

Ver mais notícias